.BlogsUp

[BLOGS UP] Sobre Seguir em frente / About Moving on

novembro 12, 2017



BLOGS
O primeiro passo para seguir em frente é perceber que o que acontece no dia de hoje não é mais o passado que existiu ontem. As pessoas que pensamos existir foram apenas pequenas ilusões provocadas pela nossa mente ou circunstâncias que nos rodearam.
Perceber que as nossas emoções do passado foram reais e que o nosso dia de amanhã só pode ser criado pelo que sentimos e desejamos reviver é o mais importante.
'Desligar a ficha' pode parecer tão complicado e complexo para um simples movimento - e realmente o é. A confiança ganha-se com o tempo e a sabedoria surge quando arriscamos o suficiente para deixar para trás todos aqueles momentos pesados e evoluir deles.
Passo a passo, somos feitos a cada degrau que construímos com o nosso suor e lágrimas. São nossas gargalhadas e felicidade que secam esse solo molhado.

O mais importante... Em qualquer caso. Conhecer-nos por dentro, perceber que as memórias são importantes e quem amamos importa - realmente aqueles que fazem parte da nossa vida. Não podemos esquecer daqueles que nos rodeiam com a sua luz - esquecendo as trevas que nos sugam toda a energia.

Sermos nós, conhecer cada pedaço profundo da nossa mente a cada dia. A força sempre está por lá, perdida. Força!



.Poesia

[POESIA/POETRY] Acorda-me/Wake me up

novembro 10, 2017



NOTA: NA POESIA, A VERSÃO PORTUGUESA E INGLESA SERÃO DIFERENTES. APENAS TERÃO O TÍTULO EM COMUM.


Quase que consigo ouvir a tua voz sobre a minha pele,
Como se a tua ausência se diluísse
E os teus lábios me encontrassem novamente a felicidade.
 
Acorda-me, com carinho.
Deixa que o meu pesadelo seja apenas um carimbo
De um passado que só existiu pelo meu sonhar.
 
Sinto-te tanto que meus olhos não querem acordar.
Encontra-me neste abismo escuro
E volta para mim, faz-me relembrar
Aquelas manhãs em que a tua voz me levantava.
Acorda-me. Faz-me de novo sonhar.
 
Olhos fechados, molhados.
São essas as minhas manhãs.
Minha voz enrouquece,
Meu coração enlouquece.
Aguardo-te pelo meu acordar.
 
Por onde andas, coração?
Será que irás divagar
Pela eternidade dos meus sonhos
E nunca mais voltar?
 
Acorda-me, com cuidado.
Acorda-me com um beijo bem dado.
Que a saudade embala-me neste acordar.




.Poesia

[POESIA/POETRY] Dançar dentre as estrelas / Dance between the stars

novembro 08, 2017


stars

NOTA: NA POESIA, A VERSÃO PORTUGUESA E INGLESA SERÃO DIFERENTES. APENAS TERÃO O TÍTULO EM COMUM.

O meu pé voou sobre o vento,
Por onde as minhas saias baloiçavam com tempo
Sem que a noite parecesse nunca acabar.
Fechava os olhos e sentia-me a dançar.
 
Hoje é aquele dia,
Onde os nossos corpos flutuam dentre estrelas
E nós nos encantamos sobre elas…
 
Hoje és estela, hoje és luz…
Memória completa do sorriso que me seduz.
Vem, embala o meu corpo pelas estrelas!
Façamos um passo de dança,
Dancemos sobre o pó delas!
Sejamos infinito.


.Prosa

[TEXTO/TEXT] Que Chova!/ Let it rain!

novembro 05, 2017



A minha pele sentiu a água fria como se eu tivesse penetrado pela floresta. Houve uma altura quando eu quase acreditei que estavas aqui comigo.
Terá sido um sonho? Talvez fosse…
Por vezes eu pergunto-me por onde a minha força flutua. A chuva solitária reina sobre mim, tal como as minhas palavras parecem sonhos condensados daquela água louca que cai pelos céus.
Eu poderia encontrar um abrigo e esconder-me da água inspirada porém a minha pele sabe melhor.
Existe uma linha que mostra aquela pequena lágrima vinda do céu – todas as emoções que nós temos tornam-se vivas através delas.
Que chova… Vamos sobreviver. Que fiquemos com frio e que cresçamos até velhos. Vamos sorrir e cair de vida.
Sê como essa chuva, a tua alma pode estar dentro mas as tuas ações podem fazer a pessoa mais próxima de ti ainda mais viva.
Que chova! Que brilhe!





.Poesia

[POESIA/POETRY] Cores / Colors

novembro 03, 2017


NOTA: NA POESIA, A VERSÃO PORTUGUESA E INGLESA SERÃO DIFERENTES. APENAS TERÃO O TÍTULO EM COMUM.

POESIAPOETRY
Doces traços se atravessam pelos meus dedos,
Insanidades minhas, palavras repletas de cor…
São as cores da vida que me abraçam a cada dia,
Que sorriem ao longo da minha pele
E embebem de meu ser para todo o sempre.
 
Meu olhar, ilusão dos deuses…
Esse que estremece a cada novo tom
Que a luz atravessada me presenteia!
Sejam esses meus olhos vorazes!
Que consigam captar cada nova epopeia
Delineada neste nosso olhar, nosso dom…
 
São as cores tons da vida?
Sejamos ilusão colorida e feliz, para sempre!


2017

[NEW ERA] Bilingual (Bilíngue) Posts!

novembro 01, 2017


 Ler em Português      Read in English

MUDANÇAS PELO BLOGUE


Olá corações! Como têm vocês andado pelos tempos em que fugi desaparecida? Sim, eu sei... Tudo na vida corre. Da mesma maneira que eu corri daqui, os meus textos ficaram sozinhos e abandonados. Cuidaram bem deles?

Mas agora tenho um novo fôlego para tentar resgatar das cinzas este meu cantinho... Estão preparados? Serão menos postagens, mas mais profundidade. Podem verificar na imagem abaixo cada dia que terá uma nova etapa deste site. Cada dia especial com suas letras e mundos especiais.
E ainda, visitem por lá no facebook a minha página... Vou colocar vídeos de vez em quando para quem gosta de breves miminhos de letras com voz!



Posts



.BlogsUp

[BEDA] Morando Sozinho: Guia de Sobrevivência

agosto 04, 2017


Antes de mais, não moro sozinha e acredito que está cada vez mais difícil encontrar formas de o fazer - não que seja totalmente impossível.

1 - Saber fazer as escolhas certas
O mais importante para mim é ter noção do que pode ou não seguir em frente no que toca a compras, necessidades pessoais e finanças. Como sobreviver se nem conseguimos saber ao certo o que vamos precisar amanhã? Para isso o dia de hoje é demasiado importante para deixar assim ao abandono. Devemos ponderar os prós e contras de qualquer coisa que façamos e ainda prevenir contra eventuais imprevistos - e, acreditem, eles acontecem mais vezes que pensamos.

2 - Fazer Poupanças
Como tudo agora passa a ser financiado pelo nosso bolso, só temos duas maneiras: recebemos um salário enorme e confortável ou temos de poupar. Desde promoções ou cupões, até analisar o que queremos fazer com o dinheirinho que vamos deixando de lado. Poupar é importante especialmente pelos tais imprevistos (referidos no ponto um).

3 - Sujar e limpar, Desarrumar e arrumar
O mais importante, para manter uma cabeça livre de problemas, é pensar que o mais rápido numa limpeza por casa é mesmo tentar eliminar qualquer desperdício de tempo. Se estamos a cozinhar, podemos enquanto esperamos dar uma lavadela à loiça que se encontra na pia e até varrer o chão. Ao acabar o almoço/jantar, nada mais simples do que limpar logo tudo para os seus devidos lugares antes que se tornem em monstruosas montanhas!

4 - Equipamentos amigáveis
Primeiro, temos de saber escolher aqueles nossos amigos que gastam pouca energia e ajudam-nos imenso quando precisamos de fazer alguma coisa em casa. Aspiradores, robôs de cozinha, máquinas de lavar e secar, etc... Saber o quanto iremos pagar na conta de água e de luz é super importante para o ponto 2.

5 - Deixar os imprevistos para lá
Há sempre que encarar os imprevistos como oportunidades de melhoria e deixar para lá o leite derramado. Nem que isso seja razão para a sua casa parecer uma caverna dos tempos dos primatas. O importante, antes de mais, é que tudo o que acabei de dizer seja feito com a nossa vontade. Com ou sem esforço, devemos arranjar forma de que tudo o que seja preciso fazer se torne algo divertido - como, por exemplo, telefonar a alguém ou ouvir música enquanto faz alguma tarefa enfadonha.

Pois é, acho que me fico por aqui quanto ao manual de sobrevivência... Não tenho nada além de ideias e experiência de improvisar quando algo acontece e nos deixa 'lisas'.

Já sabem, se quiserem participar no BEDA do Blogs Up, pesquisem no facebook esse nome. Restantes temas abaixo!

BEDA




[BEDA] Comemorando com pouca "grana"

agosto 03, 2017

BEDA

Enfim, eu adoraria dizer que não sei o que isso é... Mas a realidade é que a parte do 'pouca grana' desde criança que tenho pela minha vida - não que me tivesse feito muita diferença, a maioria das coisas importantes acabei por fazer de qualquer forma.
Neste mundo consumista realmente deve ser bastante estranho comemorar sem nada além de nós em 'corpo presente'. Normalmente, sendo simples, faz-se um jantar em que cada um paga o que come e pronto. Ou até um passeio por algum lugar que esteja dentro do orçamento - endoidecendo de felicidade quando se está com as pessoas certas.

Sou daquelas pessoas que 'lançam os foguetes e apanham as canas para os lançar novamente', ou seja, além de ponderar sempre tudo o que vale ou não a pena também festejo com efusivamente qualquer coisa que ache que é importante para mim.
Um abraço, muitas vezes, junto de um sorriso é bem mais preenchido do que rios de presentes e dinheiro atirado à nossa frente.

Por exemplo, dançar pelo som do vento... Passear por aí, cantarolando e dizendo piadas ou besteiras com quem mais gostamos é uma forma maravilhosa de comemorar qualquer coisa.

É importante comemorar com mais dinheiro? Talvez para aqueles que vivem um pouco ao lado - iludindo-se. Podemos fazer uma festança e viver a vida na maior naquele segundo - e é fantástico, claro que sim. Porém, com tanta pompa e circunstância às vezes perdemos verdadeiras festas e ligações com as pessoas que mais gostamos.
Finalizando,
Com ou sem "grana", tudo pode ser feito. Basta ver além daquilo que nossas mãos querem alcançar.
Somos tão mais do que gastamos ou recebemos fisicamente.
A festa faz-se de dentro, o sentido de festejar nasce por dentro.
É especial quando queremos que o seja.
Com ou sem "grana".


Hey, não se esqueçam... Se quiserem saber qual o próximo ou participarem... No facebook do grupo Blogs Up tem tudo o que precisam para participar. Os temas, como sempre, estão abaixo!

BEDA




.BlogsUp

[BEDA] Aberturas de séries favoritas

agosto 02, 2017


Mais do que qualquer palavra que possa dizer sobre este assunto é mostrar o que realmente é especial. Existem algumas, é só ir clicando em cada uma delas abaixo.

Fringe
O melhor de todo o sempre, estou mesmo a falar da série... Existe um homem de negro careca que vai aparecendo ao longo de vários episódios e é lá colocado para que seja depois 'visto' por nós. Das melhores séries da minha vida.


Penny Dreadful
Uma leveza e suavidade melodiosa em contraste com todas aquelas imagens que supostamente nos deixam um pouco intrigadas.

Game Of Thrones
Este estilo de entrada é tão interessante que me faz levar à consciência do que tudo se trata nesta série - tudo o que se constrói, faz-se aos poucos, passo a passo. Destruir é tão fácil.

Vikings
Por fim, não menos importante... Esta fantástica escolha! Adoro a música, toda a sequência que desenlaça é tão interessante!

Hey, mas este BEDA ainda não acabou! Sabes o que será o próximo... Espera amanhã para ver :D (claro que podes ver abaixo ou pesquisar o grupo Blogs Up pelo facebook)

BEDA



.BlogsUp

[BEDA] O que blogar me ensinou sobre mim?

agosto 01, 2017


BEDA

Olá a todos!
Sim, eu sei... Deveria estar de castigo por andar tanto tempo sem colocar nada aqui e perder cada uma das imagens do site. Enfim, semanas que se transformaram em meses muito compridos... Mas eis que aqui venho com um BEDA do blogs up inteirinho para vocês ☺
Espero que gostem do pequeno momento sobre o primeiro dia desta etapa que se avizinha grande!

O que blogar me ensinou sobre mim?
Eu sei... Eu sei que na maioria do tempo estou a deixar tudo isto no limbo e quase parece um quarto cheio de pó e às aranhas. E talvez seja isso que mais me ensinou sobre mim: não fico muito tempo com agendamentos regulares no site. Talvez devesse ser crime, e é um dos objectivos que quero traçar para o que falta deste ano. Vou deixar de abandonar-vos tanto. Parece uma espécie de promessa politica porém, por mais que me vá custar, pelo menos tentarei que este mês seja um verdadeiro BEDA!
O site também me ensinou que eu posso tornar-me numa pessoa mais certa e calculada. Além disso, acredito ser mais feliz a cada novo layout que tento arrumar para tornar este meu cantinho mais apetitoso.

Enfim, a verdade é que quando há momentos certos eu consigo superar qualquer dificuldade - foi a melhor coisa que este blogue me disse a cada momento que voltei depois de uma longa 'viagem'.
Gostaria de dizer que este blogue me ensinou também a ter paciência para esperar pelo sucesso, só que não sei bem se é verdade.

.Poesia

[Fase6] Esboços de Vida

abril 17, 2017


Um traço de cor que se desfaz em vida,
Tivesse eu outra saída
Do que desenhar sentimentos
Por dentre todos os momentos
Que o meu respirar tem mais do que uma saída.

Sou traço de uma caneta de emoções.
Hoje viro chuva e luar,
Amanhã serei sol e vento.
Por enquanto viro contratempo
De uma melodia que não parece parar.

Quem és tu, doce alegria?
Como ousas tu me ensinar
Toda essa vida que é cantarolar
Pela Natureza, minha sinfonia?

Não sou compositor da vida,
Porém ouso pausar em pequenos passos.
Diante de tantas linhas pela vida
Ouso traçar os meus esboços
Mesmo que tudo seja menos que tremoços.

Poesia é vida escondida
Que teima sentir-te, sem doer.

.Poesia

[Fase6] Sereno anoitecer, este...

abril 03, 2017

Sereno anoitecer, este
Que se atravessa pela minha mente do leste
E adormece sobre o meu colo dos sentires.

Respiro-te pela luz que reclina
Por dentre o céu que me ilumina.
De onde estará esse teu sorriso
Que me encontra quando é preciso?

Hoje suspiro-te, inspiração.
É a ti que procuro, minha companhia.
Serás tu o meu romeu, doce romeu
Para uma Julieta que embebe de venenos cruzados?
Estás presente pelo meu coração,
Fazes-te em mim, a alegria.
Até por aqueles momentos em que não sou eu
Que me abraço, com braços amados
Que teimam em sentir sem doer.

Sereno anoitecer, este…
Que me preenche, ilumina.

.Poesia

[Palavras Imensas] É por isso que te amo…

janeiro 30, 2017


Todos aqueles dias estás aqui,
Permanecendo a meu lado e ficando comigo,
Dizendo o quanto me amas,
Fazendo-me sentir sempre em casa.

Estando mal ou bem,
Não importa agora, apenas no momento,
Tuas asas me amparam e me aconchegam,
Não és anjo, nem voas,
És a força que todos os dias nasce
Dentro de mim e sai ao mundo!

É por isso que te amo,
Por me lembrares quem eu sou,
Por me amares como eu sou e não doutro jeito.
E agora tenho eu outro anjo perfeito,
Permite que os dias escuros se vão,
Para que a tua força prevaleça,
Foi esse teu amor que me deste,
Foi o quanto me amaste.
Aquele outro anjo, esse
Faz-me não esquecer quem sou,
Não esquecer o que tenho.
Agradeço aos dois, sem palavras…

.Poesia

[Palavras Imensas] Questionadora

janeiro 23, 2017


Pudessem meus olhos saber tudo,
Descobrir todas as cores da vida,
Sentir todas as vidas do mundo,
Saber cada resposta de todas as questões…
Mas quem seria eu se soubesse?

As questões que me assaltam a vida,
Aquelas a quem nunca respondo,
Fazem de mim uma fugitiva,
Pois fujo de respostas, quero perguntas,
Deixando minha sina num turbilhão,
Sentindo na pele cada pergunta…
Quem sou eu? Não há respostas…

Questiono o mundo e seus vícios,
Seus medos e cada podre,
Aqueles que toda a gente sabe,
Mas que ninguém gosta de ouvir
Nem ousa sequer falar.
De todas as perguntas só tenho uma resposta,
Procurarei a cada novo dia,
Não importam bem os tempos,
Procurarei todas aquelas perguntas,
Questionando ao mundo,
Fazendo-o acordar!
Pois eu sou questionadora de natureza,
E nunca vou parar!

.Poesia

[Palavras Imensas] Por Vezes

janeiro 16, 2017

Sometimes it’s hard to say
I’m sorry…

Lágrimas são aquelas que sentem,
Aquelas que nascem cá dentro,
Querendo percorrer a face,
Deixando que tudo de bom desapareça,
Ficando apenas aqueles momentos.

Por vezes é duro sentir,
Mesmo sem querer, sem mostrar…
São tantas as dores da alma,
Tantas as dores de amar…

Mas nada nem ninguém muda,
Por mais que tudo passe,
Tudo permanece igual…
Talvez o melhor fosse por tudo num fim,
Desaparecer, não esquecendo…

Mas algo me prende,
Não consigo deixar-te…
É duro querer-te tanto,
É duro querer fugir de ti.
Por vezes quero fazer as coisas
De forma diferente,
Ser diferente, menos incompetente…
Apenas quero olhar-te,
Também abandonar-te,
Porém estou presa, mas nada me detém.
Sou eu quem não quero,
Às vezes…

2016

[Poetry] Flying over the grass

janeiro 12, 2017


What if dreams made you fly?
Would the smile of yours become my Sun?

The sky seems so cold today,
The winds of ice were approaching.
I take my wings, this was the day
That my dreams weren’t crushing.

My voice thinks loudly:
How could my wings be like hope?
My fingers try to reach them
And my soul sings the song of the dead.

The field today is mine,
My soul runs deep within.
I have hopes and dreams of one kind
And I’ll hope like I’ve never been.

I touch the grass with my mind,
Like the smile that I share.
My feathers shine with the sun,
I aim the sky today.
The day I fly away.

Let hope let it be,
Me flying over the grass of love.

.BlogsUp

[Blogagem Colectiva] Séries para por em dia

janeiro 12, 2017

A cada mês são-nos propostos temas para realizar a Blogagem Colectiva, que tem sempre temas tão originais! Querem participar? Cliquem 'aqui' e façam parte do grupo!



SériesEu sou uma pessoa enlouquecida pelas séries e filmes. Desde criança que era aquela pessoa que passava a maior parte do seu tempo à frente de uma televisão pelos fins-de-semana. Documentários, essas maravilhas também faziam parte da fome que tinha por conhecimento e desta paixão pelos enredos que mais tarde descobri fazer parte dos meus dedos.
Mas estamos aqui para falar das séries… Portanto, num total de 27 séries é quase impossível não perder o fio à meada. Talvez seja por isso que quase cada passo meu dado pelas séries de língua inglesa (que sempre vejo sem legendas) está marcado no calendário TV Calendar. Além dessas, ainda vejo algumas asiáticas, consoante o que me vai apetecendo, utilizando a aplicação Asian Drama TV com legendas em inglês.
Mas, ao escrever, tenho tempo para ver tudo? Claro que se torna complexo, conciliar tudo e encontrar tempo após trabalho de fazer tudo isto. No caso das séries em inglês, consigo escrever e ver o episódio ao mesmo tempo. Nas asiáticas, todas as atenções se encontram a ler/ouvir cada momento.
Em resumo, nas imagens abaixo encontram a quantidade de episódios que me faltam ver e o tempo que já usei em todos os episódios que vi e estão anotados no site (há séries que não se encontram lá).
Séries

A questão está em prioridades, vendo primeiro aquelas séries que se encontram mais interessantes e deixar em espera todas as restantes – e sim, continuando a investigar novas ao adicionar as interessantes à lista.
Como o número é elevado, fica abaixo a lista de séries mais vistas e menos vistas consoante a percentagem de episódios total. É por isso que tanto adoro o TV Calendar, dando-me a informação necessária para saber exactamente o que me falta ver.

Séries


As melhores séries – pelo menos daquelas que mais vi em percentagem – também são importantes. Principalmente dessas que se encontram activas e fazem parte das prioridades.

Séries

E acho que chega por aqui, já que o tempo é escasso e existe taaaanta coisa para ver. Se tiverem algum interesse nalguma delas que aparece na imagem, podem ver o trailer ou perguntar o que tenho achado do que vi ☺
E vocês, quantas séries têm em falta?

ENG

[Texts] Never Leave My Heart

janeiro 10, 2017

Your hug runs through my veins and my heart beats deeply because of you. Sometimes I ponder why your sun just shined after the storm.
My smile shows up every time I think about you. I’ve grown with your love and I’ve never imagined that this day – the one you have died – could become so important in my life. Your wings always were above me, your love protected me. I think you’ve known so much without even care if that hidden truth was harming you. Realizing that made me a better person – and a terrible monster, too.
I’ve to see what kind of love I could be to you more than our shared love, I guess now it’s too late to try feeling your hug once more but you can never leave my heart or soul.
Today is the day that our love it’s more than a memory – it’s a hope carried in every day of my breathing live.
I love you, grandpa. Never leave my heart.

.Poesia

[Palavras Imensas] Palavras

janeiro 09, 2017

São aquelas palavras que me falam,
Me dizendo o que sufoco por dentro,
Deixando-me nua de tristezas,
Bem longe do meu contentamento,
Bem perto das minhas fraquezas…

Meu corpo se deleita pelas incertezas da vida,
Baloiçando pelas doces palavras,
Palavras que nada dizem,
Mas que descarregam tudo…

Da musica só memórias não passadas,
Mas já nada digo o mesmo de todas as minhas palavras…

2017

[Soundtrack] Little Heart

janeiro 07, 2017

Today is the day that I’ve drowned within my heart. I’ve swam into their holes, found little treasures that I’ve forgotten. Do you remember last time you tried to get lost in your feelings?
I love to sing, so my soul almost cried out loud because of the noise. My fingers had become the rhythm, my feet had overstepped the notes and my voice sang the songs of the lost memories.
Echoes get lost between the imaginary walls that I’ve built in my heart. I was so ashamed that my soul couldn’t join that I had a little hidden smile to give. My bones were broken, my organs became ashes. My imagination was all that I had left. My sight lost into darkness or light – colors had become feelings and I’ve felt them so powerfully that I could hear my screams within.
I had two arms that stand up with the wind of emotion. I was already lost – and I didn’t even mind about it.
Some sentences became to fall into feelings, without any surroundings. Words that had lost their worlds, dreams that became feelings… A simple act of feeling that had become huge to that little heart.
I’ve drown it down, that little heart, with the feels. But I don’t want it to end. It had become a precious gift from the life I’ve got. Feeling it’s like falling. We learn to get it through. We’ve become close, more intimate with that kind of stuff. We became insane.
 

[Post Secreto] Momentos que marcaram 2016

janeiro 06, 2017

Existe um novo projecto pelo Blogs Up, o Post Secreto! Querem ler mais participações? Cliquem 'aqui' e façam parte do grupo!

Este ano que se foi tornou-se um dos mais marcantes para mim, pois ensinou-me através de muitos acontecimentos a prestar mais atenção e a fazer parte de tudo aquilo que desejo que me rodeie.
Não é nada fácil ter momentos difíceis, nem vale a pena chegar a citá-los. O que sempre vale a pena, é deixar que a nossa alma e coração cresça e se enalteça por cada aprendizagem obtida.
E é isso que irei fazer, agora. Transformar esses momentos que me escureceram a alma num pequeno pedaço de luz e inspiração através de pequenas frases. Pois, a cada passo dado e caído, nós nos tornamos mais fortes.

Janeiro’16
Acreditar é algo bem maior do que apenas estar lá. É fazer-se presente, encontrar as mãos que perdemos e agarrá-las, sentindo-as como parte de nós.


Fevereiro’16
Respira fundo, pois o poço que parece estar à tua frente é apenas um túnel ao qual irás ultrapassar. Passo a passo, segue em frente.


Março’16
Eu sei que o caminho é longo, ainda, porém existe a coragem que se faz firme. O cansaço pesa, o corpo geme e estremece. A alma quase se vai… Sê aquele último fôlego e vê o quão precioso se torna respirar.


Abril’16
Existem cores, sabores, sentimentos quentes que respiram a cada passo que dás. Sê esse ar que te rodeia hoje, guarda-o para que floresça por dentro dessa tua alma. Semeia, colhe, vive e sente. Sê tu.


Maio’16
O tempo é aquele que se perde, quase como pequenos grãos de areia sobre os dedos. Ele vem e passa, sem que pare. Que a nossa força se torne constante, como o tempo.


Junho’16
O calor que te atravessa faz-se de tão pequenos momentos e tudo parece ser feito de pequenos feixes de luz. Acalenta-te, embebe o que o sol te dá.


Julho’16
Inspirações desaguam, enquanto pensamentos breves e soltos parecem fugir por aí. Respiremos a maresia, sinta-mos as ondas do mar. Rebentemos com elas, vivamos cada desaguar da maré. Seremos sedentos de mar, a cada inspiração que fluirá.


Agosto’16
Tempestades, tal como tristezas, são pequenos grãos de uma areia tão grande que é a vida. Peguemos nas conchas, juntemos forças para ouvir o mar pelos búzios. É a única forma de ouvir agora o mar.


Setembro’16
O calvário se faz de dentro. A força parece estável, os passos são dados e o seu ritmo atravessa o tempo. É tão bom abraçar aqueles bons momentos. Que sejam sempre lembrados.


Outubro’16
Algumas são as folhas que caem, parecendo que o tempo cura tudo. Elas lá vão caindo aos poucos. E nós vamos pisando as pequenas maravilhosas cores, fazendo parte delas.


Novembro’16
O frio e o gelo parecem aproximar-se cada vez mais daqueles tão doces dedos que são os nossos. É uma batalha constante, permanecer quente – manter-se vivo esse calor que nos faz sorrir. As nossas lágrimas se tornam em belas gotas de chuva, memórias eternas.


Dezembro’16
Pequenas gotas de chuva transformadas em flocos de neve. Esperanças que parecem vapor de água, que simplesmente voou. Resta-nos memórias, abraços e retractos. Que o novo ano traga mais calor, menos tempestade, por favor. Que venha o Inverno, então. Que os caminhos gelados nos levem a algum lado.



Como nota final, numa tentativa um tanto falhada de frases mensais, espero que todos os que leiam esta postagem tenham um maravilhoso ano de 2017 – cheio de razões para sorrir, chorar, dançar e cantar. Que se façam novas paragens, a cada novo dia. Que se encontrem memórias marcantes, sempre! É sinal de que estamos vivos. 

2016

[Poetry] Share your Smile

janeiro 05, 2017

My heart was beating so fast
That I swear that I thought it would not last.
You should know that I love the way you smile
Even when it’s have been a while.

I hope today I could see you,
Hear your voice and hug you too.
Yet it seems like a beautiful dream
That today it could not be seen.

I’ve heard your smile,
I could just swear!

I feel you so deeply, just like before.
I’m missing you – can’t take it no more.
Please share your smile with me,
Just in my dreams, like it has to be.

My little dark one let me rime.
I love you so much.
That will be my curse.
Share your smile,
Let me shine.
 

.Prosa

[Inspirados] São As Gotas de Chuva que inspiram o céu a brilhar

janeiro 04, 2017

Inspirados

Eu hoje abri os olhos para a luz e vi aquelas pequenas gotas sobre os meus olhos adormecidos. A minha noite se fora e agora tudo permanecia iluminado. Meus braços se estenderam para o céu, espreguiçaram as angústias e pesadelos de cima…trouxeram um pouco de calor, leveza e gratidão por aquela luz tão bela que me aquecia pela janela. Tal como tudo fosse novo, o meu sorriso corria cada parte do meu novo dia. Chovia lá fora, ao mesmo tempo que os meus pés flutuavam pelo som das pequenas gotas sobre a janela da minha alma. Inspirei, senti os seus dissabores escorrerem dentre o corpo ardente e vivi.
O meu corpo se levantava, cheio de preguiça – era uma batalha entre a cama quente, doce e aconchegante e as gotas que se aprofundavam cada vez que me levantava.
Por vezes parece que os meus olhos se encontram com o céu e se perdem pelas suas cores… eu sou uma eterna apaixonada por cada traço de magia que ele me dá. Se alguma vez tivesse de escolher entre o céu e o mar eu jamais saberia quais os sabores que minha vida teria.
Eu sou absolutamente perdida por cada um deles… As gotas do mar salgado desaguam sobre as praias, enquanto as pequenas gotas de chuva do céu se perdem dentre a nossa pele, sobre o rosto dos campos e das florestas. A natureza brilha por cada vez que nossos olhos se perdem sobre as suas gotas… nós brilhamos a cada gota nossa. Somos inspirados a sentir, a chover e brilhar por toda a nossa eternidade.
 

ENG

[Texts] The Day I Was Reborn

janeiro 03, 2017

Sometimes I think it’s hard to be just me – with all the memories and the love that stays in the past. I’m a wind that passes and blows away, like these words that travels from my fingers to the paper. My smile is the freedom that my heart feels every day. I want to smile with you. I want to show you my deep thoughts and dreams to make you scream for happiness.
Today is the day that we are just friends. I will smile at you, wanting to know about all your hobbies and dreams. I’ll feed on your soul just a little bit of my darkness – please allow it. Our light will get over it all.
Where were you when our smile vanished? This is the day that I reborn. This is the day that our memories become my strength and light. Your hug enlighten me, your voice makes me cry. I’m so happy to have your soul within me, taking part of every little letter of mine.
We now are the wind; we can become a storm or even a tsunami of love. I can close my eyes and smile to you deep into my mind. Is that the most important type of love that will I find?
Into my skin flows the best melody that humanity could find. Oh, my heart, you are so light! I wish my mind would leave that storm behind.
Do I see the sea? It’s inside my skin, with all the salty ways of dreaming with a seashell. This is the day that I reborn. The single day of the year that I could die – the day I must survive. This is the day of a winter’s storm. Today I must be the queen of ice – even when the heart prevails warm.
Hug me once more, before the cold arrives. Let the words set free… Any of them are yours anyway…
 

.Poesia

[Palavras Imensas] 3 de Janeiro

janeiro 02, 2017

A neblina vai ecoando pelo céu,
Deixando que o sol se esconda do sofrimento,
Como uma voz trémula vai surgindo de entre as nuvens,
Vai permitindo que a natureza volte novamente a brilhar…

Dia invernal de inspirações constantes,
Dia de memórias, dia de saudades…
Mas o sol vai brilhando dentre as nuvens,
Abrindo aquele nevoeiro,
Espreitando para dentro da Terra,
Fazendo brilhar tudo o que possa brilhar.

Danças vão ecoando por entre seus raios,
Danças de novas histórias, de novas vidas…
Danças que nos dizem que o dia ainda não acabou,
Que a vida ainda não acabou de nos sorrir…
Que a vida ainda não desistiu de nós.
Para quê nós desistirmos da vida só por um dia?

Corações

Google+ Followers

Popular Posts