[Inspirados] Memórias, viver sem elas

dezembro 21, 2016


Memórias

Vejo teus cabelos loiros compridos e o teu olhar triste pelas minhas memórias. Por onde andarás, pergunto-me eu. Parece que nossos corações se encontram partidos sobre afastados sonhos de nossas conversas cheias de cores e aromas. Ver-te-ei hoje em sonhos? Inspiro, respirando-te numa outra memória que não chegamos a criar. Quantas dessas devemos ter, não é mesmo? Sim, eu sei que o amor destroçado é mais forte que o silêncio que nos mata. Por onde respira esse teu coração?
Aguardando-te, com um simples olhar ou neste universo em expansão que tanto nos afasta num mundo tão pequeno. Será que o pensamento do meu beijo chegará a ti? Respiro o oxigénio que não respirarás. Como anda a tua voz? Por onde esses passos andam?Aguardo-te perto e longe, abraçando-te mesmo assim.
Meu anjo, haja o que houver… Ouve o meu coração que se ilumina por nós. Saudades inundam-se em memórias, desejaria sentir-se. Um beijo de alguém que te ama, mesmo de coração partido. Tal como me amas. Beijo, irmão.
 

You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts