[Sentires] Frustração

fevereiro 11, 2016

“Uma palavra, ou um simples sentir. Por vezes somos bem mais do que simples números ou letras disfarçados por este nosso mundo. E se meu sentir fosse alguém, quem seria?”
Estremece, deixa-te sentir…
Sou um horizonte brilhante acabado em cinzas, aquelas que sujam tua pele e enaltecem tua respiração entre-cortada. Fui-me embebendo pelo brilhar daquelas tuas pupilas dilatadas, breves sensações misturadas com um breve nada incendiado de mim. Eu sou aquela chama que não se vê, mas te queima. Aquela que fará de ti cinza, diante da raiva ou qualquer outra emoção que me leve junto a ti por terra. Sou aquele chão que teimas em cair, como um breve covarde, falhado… zé-ninguém espalhado pelo mundo. Quem pensarias tu ser no meio de todo este oceano de vida?
Minha ilusão descontínua pelo tempo atravessa-se em cada poro teu, sopra sobre ti breves poemas, desmanchados em versos apenas… E eles te levam à queda, cairemos juntos, eu sorrirei ao longo das tuas breves lágrimas, aquelas amordaçadas pelo fogo de mim - cinzas tuas - desse teu olhar.
Serei eu a tua perdição? Talvez eu fosse só um pequeno velho ao relento, que se encontrou em ti e jamais te deixou voltar à solidão dos sentires. Desilude-te, perde-te comigo para que o caminho à nossa frente pareça um, outro, e ainda outro passo para trás.

Saberás as horas em que baterei à tua porta?

You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts