[Divagações] IV

janeiro 19, 2016

A melancolia abateu-se sobre mim,
Todos os teus passos são uma resposta dos meus,
Todos os teus passos me deixam assim,
Sinto a minha alma esvoaçando pela tua,
Gemendo pelas tuas dores,
Cantarolando pelos teus louvores…

Pergunto-me onde estás agora,
Talvez voando pelas eternas memórias,
Aquelas que a mente teima em não esquecer…
Memórias que vão desabrochando e sorrindo,
Dizendo para mim que estás do meu lado,
Mostrando-me que para tudo estarás aqui…

Talvez seja pelo sol que abater-se-á
Naquele dia em que estaremos juntos,
Talvez seja aquele olhar que constantemente,
Por mais que negue, me ilumina…

É aquela sensação de paz,
Como se nunca tivéssemos saído realmente dela,
Como se nunca houvesse um antes do agora,
Talvez seja pelo momento, pelo dia…
Mas sabemos que nada o define,
Só mesmo esse olhar que encontro em ti
Quando a tua voz fala para mim,
Quando o dia nos ilumina e acalenta,
Quando as memórias se tornam no agora…

You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts