[Texto] O que queres ver da tua vida?

dezembro 17, 2015

Lembras-te daquela criança que fui um dia? Quando sorria, deixando que cada parte de mim pudesse realmente ser feliz? Aquela maldade tão inocente que se desprendia de mim sempre com um sorriso, deixando que a felicidade não fosse só momentânea, mas sim real e duradoura. Sim, eu corria e vivia cada segundo como se nada fosse mais poderoso do que os nossos sonhos e os nossos passos pelo mundo. Sentia a sujidade impregnada em mim sem me importar, era o único borrão que eu conhecida do mundo. Gargalhava correndo em volta do nada, imaginando tudo, deixando que o que quer que me chateasse não durasse mais do que uns minutos.
Eu era real, feliz e forte. Meu mundo cabia na minha mão, porque eu me imaginava enorme. E eu o era, a rainha de cada um dos meus contos, de cada correria que fazia com os meus amigos imaginários. Cresci, cresci sim… Mas deixei que um pedaço de mim permanecesse. Sou forte pelo amor da minha criança, que cria dentro de mim o nosso mundo e corre comigo. Quantos de nós já se esqueceram da maravilha que é parar em algures, ficando a criar novas vidas, novos sorrisos… E entrar nesse mundo sem sequer olhar para trás. Infantilidades? Eu digo que isso sim é viver, sendo forte no mundo real, vivendo intensamente o nosso mundo imaginário. Sim, os dois podem existir. E nós seremos sempre o papel principal em cada um deles. Está nas nossas mãos…
Arriscado? Arriscado é viver. Nos temos de fazer com que, pelo menos uma vez na vida, tenhamos força de a enfrentar e avançar qualquer obstáculo. Só seremos fortes se quisermos. A vida não se importa, ela apenas nos dá o que queremos ver. Resta saber… O que queres ver tu na tua vida?

You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts