[Os Dias] Dia Doze

julho 07, 2015

E trevas ofuscam mentes
Perdidas no meio de nenhures, magoadas
Pela vida e pelas almas,
Aquelas perto dela, ofuscadas
Pelos momentos maus da vida,
Banhando totalmente a sua alma,
Inundando pelas questões da vida.

Lágrimas derramadas pela alma,
Queimando cá dentro, eternos
E derradeiros estes momentos,
Mascas duras, presente
E futuro desta vida minha.
Não fosse o amor puro,
Não fosse o meu coração bater.

Tempestuosos momentos
De sinfonias, imperdíveis
Todos aqueles sentimentos
Soltos de corações, impulsionastes
Por apenas alguns segundos.

You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts