[Pessoal] Aniversário

abril 28, 2015

Olá Pessoal! ☺
Pois é, hoje é aquele dia especial - no meio de tantas datas importantes - em que eu decidi nascer. Primeiro que tudo, os meus pais fantásticos estão de parabéns pela maravilhosa obra d'arte que fizeram: euzinha!

Muitas pessoas me desejaram as maiores felicidades e não há melhor dia que este para se ser feliz. Maaaaaaaaaaas, todos os dias merecem ser dias para se estar feliz! Sejamos loucos por mais, por cada momento que tenhamos! E é por isso que decidi mudar todo este site, meu theme e meus votos de um novo ano que se façam de mudanças e novas alegrias.

Endoidecer é belo, quando nos deixamos navegar ao longo de todo este mar de ternura e luz. Sim, cada um de nós é um poço de luz - com trevas. Sejamos aqueles que iluminam os céus (o nosso também). Ainda agora nasci, mas todos estão convidados para envelhecerem comigo, em festa!

Porque não há maior loucura, maior maravilha e ternura do que se estar vivo!

Obrigada a cada um de vocês que me desejaram os parabéns, e um especial agradecimento a dois grupos especiais: Família do coração - que me ilumina a cada dia e fazem o meu sorriso aquecer, minha luz se escancarar pelo quotidiano - e à minha nova amizade em tons de mil - grupo Blogs Up! Vocês foram muito simpáticos e fizeram o meu dia brilhar ainda mais... Por isso vos deixo, pelo menos, as imagens de meus bolos... Já que eles não sabem nadar, eheh. :P


Como todos os anos, desenvolvo uma espécie de homenagem ao meu pai - que não pode festejar comigo este dia tão especial. Como sempre, cada palavra que desenvolvo é uma homenagem eterna ao homem que foi - que eu desejo ser. Ao grande Homem, àquele que trouxe as maiores felicidades deste mundo e o melhor amor de todos - para mim, minha querida mãe, é a ele que hoje abraço no coração...

Tua Catarina não dorme,
Sua voz ecoa nossa melodia de embalar.
Tua Catarina não sonha,
Sua energia cresceu para lutar.

Um respirar que transcende o horizonte,
Que se faz latente pelos pés que caminham
Aquele nossa estrada.
Passo a passo,
Pé ante pé,
Se faz o caminho da vida.
E a chuva, lá no alto!
Ela cai sobre a pele nua,
Despida de máscaras e sabores.
Ela sente, meu querido,
Ela se faz sentimento e desagua
Naquele mar de rosas celestes,
Tão brancas que parecem prestes
A desabrochar por uma outra Primavera.

E teu abraço,
Nosso amor. Esse nosso abraço.
Meu Deus, quem me dera.
Quem me dera...

You Might Also Like

4 comentários

  1. Eu vou querer um pedaço de cada bolo *-* hahaha
    Bonita poesia, você escreve bem =)

    xoxo
    paperdream-s.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um deles já acabou, e o outro já está também quase a desaparecer :D

      Fico feliz que tenhas gostado da minha poesia, ela se faz viva pelos olhos de quem a lê ♥

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Não sei onde as vistes :P
      Eu já não as vejo por aqui, ahahaahhaah
      Onde as viste? :D

      Eliminar

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts