[Os Dias] Dia Quatro

março 03, 2015

Nem sempre a vida brilha,
Ficamos fechados em nós, desgraçados
Pela solidão ou quedas que damos.
Queríamos nunca cair assim, perdidos
Pelo chão de desgraças e problemas,
Esquecendo tudo o que realmente
Importou alguma vez na vida.

Mas temos mãos que nos seguram,
Braços que nos sustentam, firmes
São todos aqueles que nos amam
E nos fazem sorrir, breves
São as histórias sem amor.
Pois o amor não é só para amantes,
Amar é a chave de tudo.

Sorrisos saem de minha face,
Bem sei a chave de amar, eterno
Sentimento esse que se abate
Em mim, puro
Coração que se entrega ao amor.
Sem qualquer barreira nem crença,
Amor no seu total íntimo.

You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts