[Os Dias] Dia Dois

fevereiro 17, 2015

Sorrisos de momentos parvos,
Que abalam em dias menos bons, tolices
Que vão acontecendo ao longo das horas
Em que o coração bate, sentindo
O flutuar das parvoíces em nós.
Há dias para tudo,
Todos os dias são uma nova descoberta.

Dias especiais de passados
Que invadem uma vida, iluminando
Com recordações tudo o que foi.
Transformando em presente, sensações
Que sempre aparecem numa vida.
Nunca tem dia nem hora,
Se tivesse, nada sentiria.

À espera que tudo comece,
Sendo entediante as horas, buscando
Em vão aquilo que não vem.
Esperanças que matam, sentimentos
Que vivem sempre cá dentro,
Sem palavras para se dizerem,
Apenas no íntimo se sentem.

You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts