[Palavra Dada] Sê-te passo em meus braços

janeiro 29, 2015

Dei-te um tempo,
Aquele que o vento
Te levava para longe de mim.

Meus pés retrocederam,
Meus olhos ficaram fechados
(Aqueles que olhavam para trás)
E minha boca escancarada,
Sorria desmantelada.
O que farei eu com nossos pecados?

Sombra das notas que ecoam pela minha cabeça,
Perdição dos meus sonhos,
Aqueles regados de reticências.
Qual será a nossa sentença,
Por todos aqueles momentos tão tristonhos?

Não existe borracha no passado,
E meus olhos sempre falarão por mim.
Entra, embala-te algures assim...
Dentro de meu ser alado,
Encontra-me, sê-me destino
Deste presente sem fim.

Por aqueles silêncios,
Que a coragem os encha.
Abraça-me com acções,
Com tudo aquilo que nos preencha.
Bem mais do que apenas corações!

Sê-te passo em meus braços,
Encontra-me algures pelo caminho.
Que novas reticências farás sobre minhas mãos?
Palavra dada pela minha cara Ana Patrícia Pereira, do odesempregodeunisto. Que tenhas encontrado um sorriso no meio de todas estas loucuras! ☺
A qualquer hora, em qualquer lugar, haverão mais palavras espalhadas pelo vento!
(Para pedirem um poema, visitem o meu facebook e comentem uma postagem das #PalavrasDadas com uma palavra!)

Voltar a confiar alguém, tem medo de o fazer

You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts