.Prosa

Concurso de Contos - O Desassossego da Liberdade Parte VII

janeiro 30, 2015

Há uns meses participei num concurso fantástico através no Blog BranMorringhan e a editora LivrosdeOntem, pelo seu 6º Aniversário. Como não faço parte dos vencedores, decidi publicar por aqui o conto - em partes para que não fique grande. Cliquem nos links, verão que vale a pena!

♣ Ler a 1ª Parte aqui.
♣ Ler a 2ª Parte aqui.
♣ Ler a 3ª Parte aqui.
♣ Ler a 4ª Parte aqui.
♣ Ler a 5ª Parte aqui.
♣ Ler a 6ª Parte aqui.

♣-♣-♣

.Poesia

[Palavra Dada] Sê-te passo em meus braços

janeiro 29, 2015

Dei-te um tempo,
Aquele que o vento
Te levava para longe de mim.

Meus pés retrocederam,
Meus olhos ficaram fechados
(Aqueles que olhavam para trás)
E minha boca escancarada,
Sorria desmantelada.
O que farei eu com nossos pecados?

Sombra das notas que ecoam pela minha cabeça,
Perdição dos meus sonhos,
Aqueles regados de reticências.
Qual será a nossa sentença,
Por todos aqueles momentos tão tristonhos?

Não existe borracha no passado,
E meus olhos sempre falarão por mim.
Entra, embala-te algures assim...
Dentro de meu ser alado,
Encontra-me, sê-me destino
Deste presente sem fim.

Por aqueles silêncios,
Que a coragem os encha.
Abraça-me com acções,
Com tudo aquilo que nos preencha.
Bem mais do que apenas corações!

Sê-te passo em meus braços,
Encontra-me algures pelo caminho.
Que novas reticências farás sobre minhas mãos?
Palavra dada pela minha cara Ana Patrícia Pereira, do odesempregodeunisto. Que tenhas encontrado um sorriso no meio de todas estas loucuras! ☺
A qualquer hora, em qualquer lugar, haverão mais palavras espalhadas pelo vento!
(Para pedirem um poema, visitem o meu facebook e comentem uma postagem das #PalavrasDadas com uma palavra!)

Voltar a confiar alguém, tem medo de o fazer

.frases

[Quote] #Frases 46

janeiro 28, 2015

Qual o melhor suspiro a se dar pela vida? Aquele perdido de amores, encontrado no brilho do olhar... Aquele feito tempestade de dissabores, tão forte quanto os amores... Ou talvez o outro, mais vazio - até pode fazer-se arrepio - que salta algures pelo nosso abismo?

.Poesia

[Fase 1] Ave rara

janeiro 27, 2015

A dificuldade em descrever
Tal ave torna-se infinita.
Falta de palavras,
Falta de conviver.

Nem sempre aparenta um anjo,
Mas quando o faz é adorável.
A sua forma de voar,
Única e diferente,
É a causa de tal raridade.

Todas erram, ninguém pára
De viver só por isso.
Eu acredito que esta ave rara
Terá um voo diferente
E que irá encontrar
Muita felicidade pelo caminho.

Por ser ave rara,
Todos os obstáculos
São avançados duma forma
Incompreendida por muitos.

Acredito que o tempo
Irá tornar essa ave
Duma raridade tal
Que voará e ensinará
Outras a voar.

Os defeitos desta ave
Irão diluir-se,
Formando nova criatura
Continuando rara
E incompreendida
Pela sociedade.

.frases

[Quote] #Frases 45

janeiro 26, 2015

Serei sempre a melhor a sentir-me, a perder-me e a escrever-me.
Agora, o resto… Pouco interessa enquanto tiver um papel e uma caneta, umas letras e a minha imaginação.
Para quê ser a melhor dos melhores, se nem sequer descobri ainda o melhor de mim?

.Prosa

Concurso de Contos - O Desassossego da Liberdade Parte VI

janeiro 23, 2015

Há uns meses participei num concurso fantástico através no Blog BranMorringhan e a editora LivrosdeOntem, pelo seu 6º Aniversário. Como não faço parte dos vencedores, decidi publicar por aqui o conto - em partes para que não fique grande. Cliquem nos links, verão que vale a pena!

♣ Ler a 1ª Parte aqui.
♣ Ler a 2ª Parte aqui.
♣ Ler a 3ª Parte aqui.
♣ Ler a 4ª Parte aqui.
♣ Ler a 5ª Parte aqui.

♣-♣-♣

.Poesia

[Fase 1] Céu e Mar

janeiro 20, 2015

Quantas são as vezes
Que te vejo chorar?
Não te acanhes!
Une o céu e o mar…
Quantas são as vezes
Que desejas amar?
Não temas,
Vê o céu e o mar…
Quantas são as vezes
Que queres respirar?
Não demores,
Sê o céu e o mar…

Não consegues deixar
Que a tua vida flutue
Pelo céu e pelo mar,
Abre o teu coração
E deixa-te levar!

Vive a vida como o mar
E verás que o céu
Não está assim tão só…
Sê puro e cristalino,
Não te sujes,

Pelo contrário,
Brilha como nunca
O que fizeste na tua vida!
Deixa que o mundo
Invada toda a tua vida
E a torne céu e mar,
Pura e cristalina.

.frases

[Quote] #Frases 44

janeiro 19, 2015

Existe coração…
Existe emoção…
Existe paixão…
Existe ilusão…
Mas, nem sempre estarão todos juntos. Nem sempre serão unidos, e muito menos envolvidos
Naquelas tormentas que a alma teima em pesar.

.Poesia

[Fase 5] Sou-te pela encruzilhada

janeiro 15, 2015

Sou-te pela encruzilhada que se apodera de nossos poros,
Gotas de suor numa escada infinita que sobe.

Pé ante pé, me descalço,
Desmancho meus fios de cabelo
E me desperdiço de ti
A cada verso, que vá perdê-lo!
De que serve viver-te por aqui,
Se a cada respirar meu, passo em falso,
És tudo o que já foste,
e o voltarás a sê-lo.

Horizonte de loucuras imaginárias,
Calçada subida, tortura temida.
Por dentre respirações entre-cortadas,
Ouve-te dentre as cantadas
Que velhas carcaças ousam cantar...

Por onde andas, fim de linha?
Quase que diria que ouvi o meu nome,
Naquela tua voz doce, distante.

Quanto horizonte, quanto renome
Tu te vestes, Ó Destino.

Seja insano, sem lógica.
Que tudo se transforme numa poça,
Dentre esses passos que sobem a escada.

Por onde caminharás tu,
Diante desta encruzilhada?

.frases

[Quote] Filosofia

janeiro 14, 2015

Fosse qual fosse a loucura, os pés deveriam de se deixar pelo chão, as mãos se ergueriam ao céu.
Não porque desejavam atingir o sol - esse é feito de distâncias... As mãos erguem-se ao céu para que o corpo se erga, se faça um todo e ande.
E o cair?
As quedas são botões de rosa à espera da luz que as embebe, fazendo-as renascer!

.Poesia

[Os Dias] Dia Zero

janeiro 13, 2015

Eternidades ficam na memória
De quem as tem, sentindo
Todas aquelas cores que já foram,
Não perdendo esperanças, esquecendo
Que alguma vez houve um presente…
Mergulhando na imensidão,
Esquecendo tudo senão memórias.

Memórias que se perdem pelo tempo,
Esmagando momentos, sentimentos
São esses os que ficam na alma.
Este não é o dia da memória, vivendo
Agora tudo o que isto é,
Sem nada mais para preparar…
Simplesmente o início da demanda.

E porque palavras destas surgem,
Se memórias são vivas, saboreando
Ainda o aroma da paz…
Vivendo um dia de muitos, respirando
Cada linha que meu fel traça.
De caneta e punho em cima,
Esperando a vinda dos dias…

.frases

[Quote] #Frases 43

janeiro 12, 2015

Talvez eu devesse encontrar quem eu sou em vez de perguntar-me, perdendo-me ainda mais.

.TAG

TAG: Liebster Award

janeiro 11, 2015


A queria escritora - maravilhosa, diferente e totalmente especial - Faah Bastos me nomeou para esta tag do Liebster Award.
Mas, então... Como funciona?

Você é escolhida para partilhar 11 factos sobre si;
 Responde a 11 perguntas feitas pelo bloguer que te indicou;
♣ Elabora 11 perguntas que serão respondidas por 11 blogueirs escolhidas por si.

É uma coisa simples de se fazer, até porque se torna divertido imaginar quais as perguntas que mais queres saber sobre as pessoas que nomeias ☺
Agora, o que será que responderei? Qualquer coisa que saia da minha mente enquanto estou para aqui a magicar!

11 Factos Sobre Mim

I - Quando a inspiração se alia à teimosia: chego a acordar e ficar em branco até que meus dedos larguem a frase/texto que dança na minha cabeça.
II - Adoro ler e sou uma devoradora de livros. Tenho o problema de só conseguir sentir-me bem quando chego ao fim de cada um deles.
III - Os filmes de terror são a minha eleição, adoro rir-me com eles.
IV - Ouço qualquer tipo de música e, por vezes, parte de mim inspira-se ou anseia por algo em especial... Como se as letras precisassem de música para dançarem sobre meus dedos loucos.
V - Cão ou Gato? Prefiro gatos, por toda a personalidade e misticismo que têm. Se consegues entender a alma de um gato, qualquer coisa torna-se possível. Uma mente aberta sempre vê muito além do simples horizonte.
VI - Não gosto de surpresas. Sempre demonstram o melhor e o pior daquilo que nos iludimos com as outras pessoas. Nem sempre são boas experiências.
VII - Sou uma navegante das letras. Enlouqueço com a imaginação e perco-me demais pela minha mente.
VIII - Até há muito pouco tempo não conseguia ler nada do que escrevia. Não gostava de me ler, de ver o que escrevia. Tudo isso mudou quando comecei a escrever a Sheftu, para o projecto «The Unforgiven Souls». É das coisas que mais prazer me dá na vida.
IX - Cada entrelinha minha é especial não pelas letras que são. Comecei a escrever para o meu pai, decidi preencher a minha vida de todo o amor que ele me ensinou a ter enquanto o tive. E é isso, as minhas letras fazem-se parte de mim, do meu mundo, de tudo o que vivo. São demasiado minhas e eu sou demasiado delas.
X - Adoro a natureza. Afinal de contas, nós fazemos parte dela e ela faz parte de nós. Por isso é triste, ver o quanto nos esquecemos disso.
XI - Sou daquelas pessoas que é capaz de parar, mesmo que atrasada, porque viu algo maravilhoso - perfeito para uma fotografia! Gosto da simplicidade, daquilo que o silêncio nos mostra, do sorriso quente que nasce dentro de nós. É bom ser-se um barco a navegar pelo mundo, é bom encontrar pontos de luz que nos fazem ter um dia especial. E esses pontos de luz merecem fotografias, merecem fazer parte das nossas memórias!

Questões feitas pela Faah

1 - Qual o post que você mais teve trabalho para escrever?

Eu sei que é, em parte, batota. Mas vou dizer que é o conto que está a ser publicado a cada sexta-feira. Até agora foi o que mais trabalho me deu. Desde escrevê-lo para o concurso, até dividi-lo e agendá-lo para cada 6ª feira.

2 - Ainda falando sobre post, qual tem o seu eterno carinho?

O conto de Halloween. Adorei escrevê-lo e foi a primeira coisa que escrevi propositadamente para o blogue. Talvez seja loucura, mas faz parte daquele começo, das primeiras coisas que fiz de verdade por aqui.

3 - De quando criou o seu blog até hoje, quais as mudanças mais importantes sofridas, em relação ao blog?

Como o blogue só «nasceu» em agosto, acredito que a mudança mais importante ainda está por vir. Com esta ideia de criar leitores-beta e transmitir um certo elo 'familiar' pelas letras que lhes mostrar. Posso considerar que todas as obras que a Pam me deu, aka Art Of Pam, são as melhores mudanças que eu alguma vez poderia ter tido!

4 - Quais as melhorias que pretende fazer em seu blog neste ano?

Desenvolver os 'Leitores-beta' e começar a criar algo especial para eles, para que saibam que cada palavra de apreço que me dão faz com que este mar pareça muito mais rico.

5 - Você já escreveu um post bastante íntimo? Qual?

Bem, todos eles eu acabo por considerar íntimos, por causa do ponto que já referi nas 11 coisas sobre mim. Mas... Se tivesse de escolher entre alguma das postagens que fiz... Hum. A primeira postagem do blogue, definitivamente.

6 - Qual a maior dificuldade no quesito "manter um blog"?

Manter a regularidade das postagens. Viajo tanto pelo meu mundo interior, perdendo-me pela minha cabeça que nem sempre me recordo de postar algo. Principalmente como esta semana, com datas que marcaram a minha vida no passado. Faz-me querer entrar por uma redoma distante de tudo e perder-me novamente.

7 - Na sua opinião, o que anda em falta na blogoesfera?

Falta um pouco de verdade. Com tanta realidade pelo mundo, tanto marketing louco para tentar obter likes, leitores, etc... Por vezes, parece-me que falta um pouco de verdade às pessoas. Desejam tanto ser compreendidas que acabam por perder a maravilha que é ser-se si próprio. E tu, já te descobriste hoje? É isso o que falta, procurar e encontrar-se mais além dos likes ou leitores que se almeja.

8 - Daqui a cinco anos, você ainda estará blogando? Como acha que será seu futuro no blog?

Acho que sim. Gostava que assim fosse. Tento não pensar em algo como '5 anos', o dia a dia parece-me já demasiado tempo - ah, ah, ah. Espero que tenha melhores postagens, que eu tenha evoluído as minhas letras e que tenha mais envolvimento com outras pessoas. Que elas se consigam encontrar pelas loucuras que deixo nas entrelinhas.

9 - O que te motivou a criar um blog?

Apenas deixo a frase que escrevi na primeira postagem deste blogue - "Adoro espalhar minhas palavras pelo vento, deixar que se vão." Assim o é!

10 - Não pensando como crítica, mas acha válido ter um blog apenas por comércio, publicidade e parceria?

Acredito que isso parece-me tão vazio como aquelas pessoas que criam personagens no facebook para criticarem suas páginas para que recebam mais likes e sejam mais conhecidas. Para quê tanto vazio de gente? Apesar de que, no caso do comércio, muitas vezes é o único meio de subsistência da pessoa. Nesses casos, se é a melhor forma de sobreviverem, porque não? Cada um tem a liberdade de fazer o que pode e o que quer.

11 - Qual o maior presente que você recebeu por causa do blog (material ou imaterial)?

Cada palavra carinhosa de muita gente - três ou quatro para mim é multidão. E, claro, aqueles dotes artísticos de Pams me deixam toda babada e com vontade de a abraçar por demais. Agradeço toda a força que ela me dá para seguir em frente!

Espero que tenham gostado das minhas respostas. Penso que existem muitas perguntas pertinentes da Faah que realmente nunca tinha pensado realmente durante este pouco tempo do meu blogue. Por um lado acredito que me possa até ajudar a pensar melhor nos planos que posso desenvolver por aqui.

Deixando-me de conversas, vamos às questões?

11 Perguntas minhas:

1 - Se fosses uma personagem, como ela seria? Qual era o seu nome?
2 - Sei que parece batota, mas o que acham mais especial... Escrever num blogue ou manter um diário?
3 - Alguma vez pensaste que o teu blogue poderia ser de outra coisa qualquer? Se sim, qual?
4 - Quais foram as pessoas/bloguers que mais influenciaram a tua forma de escrever no blog?
5 - Como seria a tua vida, sem uma semana de internet?
6 - O que mais vos motiva para ler um livro?
7 - Se tivesses de definir o teu blogue com uma palavra, qual seria?
8 - Se tivesses de optar entre viajar pelo mundo ou pela mente, qual escolherias?
9 - O que o mundo precisava de ouvir melhor?
10 - O que pretendes obter através do teu blogue durante o próximo ano?
11 - Qual é aquela frase/lema que mais te inspira pela vida?

Blogues Indicados:

Ainda tenho poucas vítimas contadas, mas espero brevemente juntar mais umas quantas. Podem oferecer-se nos comentários, se desejarem. E, não se esqueçam de deixar o link das vossas respostas para eu conferir ;)

.frases

[Quote] #Frases 42

janeiro 05, 2015

Aquelas minhas palavras mais bonitas…
São aquelas que serão ditas…
A cada hora bendita,
Pelas palavras não ouvidas… No silêncio da alma.
No calor da cama,
No raiar do coração.

Corações

Google+ Followers

Popular Posts