[Fase 5] Um até sempre...

dezembro 04, 2014

Ergue-te, deixa-me ver a tua face...
Deixa-me entranhar pelo teu ser,
Sentir o que tuas lágrimas me dizem,
Viver pelas pupilas dos teus olhos dilatados...
Vejo-te sobre o espelho, tua face,
Acarinhada pelas palavras, que nunca se dizem,
Apenas sentem aquela aurora
Que agora chega perante ti,
Banhada por um olhar prateado,
Que surge de um simples suspiro.

Deixa-te desenhar sobre os versos deste poema,
Perder-te sobre a lágrima que agora cai,
Que agora se sente, que agora vive.
Pois, amanhã... Amanhã será um novo dia,
Ergue-te e sente a brisa... Sentes? Consegues sentir?
Fez-se palavra, fez-se vida. Agora,
Descansa sobre o teu leito...

You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts