[Fase 1] Obstáculo

setembro 09, 2014






 Ler em Português      Read in English

Um deserto,
É isso que por vezes
Permaneço enquanto solidão…
A verdade, uma miragem
Que, por muito que caminhe,
Nunca a alcanço…
O desespero que percorre o meu rosto,
A saudade que mata meu coração
São coisas que destroem
Enquanto ser humano, enquanto pessoa.

A maldade, algo subjectivo,
Destrói o mundo que a pratica.
Este mundo se afunda na tristeza,
Uma tristeza sem dono
Pois esta, ordena…

Sei que estou neste mundo;
Mas para o ajudar
Sou o nada, embora me torne o tudo
Quando tento amar sem limites,
Sem barreiras.

Não é a ordem que ordena
E o amor que obedece…
A ordem é amor, infinitamente…




You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts