[Palavra Dada] Código

setembro 18, 2014






 Ler em Português      Read in English

Hoje senti o teu abraço
No chilrar de pássaros
Perdidos pelo dom do teu traço
Que ousou embalar-me num beijo.

À porta, breves batidas
Ecoavam a tão esperada carta,
Aquela que decifrava cada entrelinha nossa
Sobre os sorrisos que me fazias ter
Pelas horas em que te lia,
Na imensidão de nós.

Fora ontem, naquele silêncio
Que um beijo se fez
O nosso mais perfeito segredo
Das horas em que sonhamos...

Diz-me, caro poeta,
Por onde dedilham teus dedos?
De onde se fazem traçar as emoções?
Serás tu um sopro que se perde nas cores?

Talvez estejas oculto por aí,
Espalhado no que sentimos hoje.

Sentir-me-às hoje, pela hora em que te leio?

Palavra dada pela minha querida Pams. Obrigada pelo desafio.
A qualquer hora, em qualquer lugar, haverão mais palavras espalhadas pelo vento!




You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts