[Fase 5] Ouso soltar-te, abraço-te.

agosto 14, 2014



 Ler em Português      Read in English

Foste hoje o sorriso inventado de mim:
Flutuado sobre as minhas pálpebras,
Respirado a cada suspiro do meu corpo.
E me perco pelo teu corpo, assim,
Diante deste nosso sopro.

Quem sou eu, quando respiro
Cada pedaço da nossa dança,
Embalada algures pela lembrança
De breves sorrisos.
Serás tu o tiro
Abraçado em mim?

Ouso soltar-te hoje,
Para que teus braços fujam de mim.
Para que teus olhos me procurem no horizonte.

Abraço-te, protege!
Meus braços te encontram
Pelo soprar do vento.
Ele jamais te dirá de onde vim,
Mesmo que eu esteja aí, defronte.

You Might Also Like

0 comentários

Deixa aqui o teu pedaço!

Não te esqueças de deixar o link do teu blogue, caso tenhas, para te poder visitar!

E... Não te esqueças:
embarca pela minha loucura, sê-te tempestade de emoções!

Corações

Google+ Followers

Popular Posts