.Poesia

[POESIA/POETRY] A Cada sorriso meu / I Love it All

janeiro 03, 2018



Love




NOTA: NA POESIA, A VERSÃO PORTUGUESA E INGLESA SERÃO DIFERENTES. APENAS TERÃO O TEMA EM COMUM.

A cada sorriso meu
O teu existir permanece vivo.
O meu coração quente te sente,
A minha voz doce te chama.
 
Sou tanto por ti,
Tanto me perco dentre o nosso amor…
 
Hoje, no pior dia,
Quando os vinte e um anos chamam
As lágrimas da saudade
Que se perdem dentre dedos
Perdidos na memória de ti.
 
Somos de um amor tão forte,
Tão vivo! Houvesse a máquina do tempo
Para que o nosso contratempo acabasse.
A saudade cresce, o tempo passa,
Desejei tantas vezes que tudo ficasse…
Porém, o nosso amor viveu
Na neblina de um D. Sebastião
Que aquece a esperança mas esquece
Esse acontecer dos dias que não virão.
 
Amor de saudade e calor,
Amor que arde sem ardor.
Amor para sempre.




2018:AMOR

[2018] FELIZ ANO NOVO! / HAPPY NEW YEAR!

janeiro 01, 2018


2018

Feliz ano novo!
Que cada um de nós se encontre neste novo ano e que as nossas emoções sejam vividas brilhantemente! Sejamos corajosos para enfrentar cada novo dia e etapa como se fosse o primeiro raiar da manhã.
Este será um ano especial para mim, pois é aquele ano da magia. A minha constelação de sonhos e loucuras se perde ao longo destes tempos até este ano. Aquele precioso 2018 que me faz nascer 28 vezes pelo dia 28. Para uma pessoa que adora matemática, é como um número primo, este 2018.
Este primo que nasce, a cada mês, com emoções. Essas loucas que foram crescendo, junto comigo, a cada respirar meu.
Por isso a magia das emoções será parte deste ano!
A cada mês teremos uma emoção que passará por cada postagem, por cada pedaço das minhas letras estará essa emoção como a grande estrela das entrelinhas…

Poesias, contos, reflexões e atualizações aleatórias. Um ano que começa hoje, que se faz novo. Que este meu blogue ganhe um novo ar. E o tema para todo este mês de Janeiro é o Amor.


.BlogsUp

[BLOGS UP] Sobre Seguir em frente / About Moving on

novembro 12, 2017



BLOGS
O primeiro passo para seguir em frente é perceber que o que acontece no dia de hoje não é mais o passado que existiu ontem. As pessoas que pensamos existir foram apenas pequenas ilusões provocadas pela nossa mente ou circunstâncias que nos rodearam.
Perceber que as nossas emoções do passado foram reais e que o nosso dia de amanhã só pode ser criado pelo que sentimos e desejamos reviver é o mais importante.
'Desligar a ficha' pode parecer tão complicado e complexo para um simples movimento - e realmente o é. A confiança ganha-se com o tempo e a sabedoria surge quando arriscamos o suficiente para deixar para trás todos aqueles momentos pesados e evoluir deles.
Passo a passo, somos feitos a cada degrau que construímos com o nosso suor e lágrimas. São nossas gargalhadas e felicidade que secam esse solo molhado.

O mais importante... Em qualquer caso. Conhecer-nos por dentro, perceber que as memórias são importantes e quem amamos importa - realmente aqueles que fazem parte da nossa vida. Não podemos esquecer daqueles que nos rodeiam com a sua luz - esquecendo as trevas que nos sugam toda a energia.

Sermos nós, conhecer cada pedaço profundo da nossa mente a cada dia. A força sempre está por lá, perdida. Força!



.Poesia

[POESIA/POETRY] Acorda-me/Wake me up

novembro 10, 2017



NOTA: NA POESIA, A VERSÃO PORTUGUESA E INGLESA SERÃO DIFERENTES. APENAS TERÃO O TÍTULO EM COMUM.


Quase que consigo ouvir a tua voz sobre a minha pele,
Como se a tua ausência se diluísse
E os teus lábios me encontrassem novamente a felicidade.
 
Acorda-me, com carinho.
Deixa que o meu pesadelo seja apenas um carimbo
De um passado que só existiu pelo meu sonhar.
 
Sinto-te tanto que meus olhos não querem acordar.
Encontra-me neste abismo escuro
E volta para mim, faz-me relembrar
Aquelas manhãs em que a tua voz me levantava.
Acorda-me. Faz-me de novo sonhar.
 
Olhos fechados, molhados.
São essas as minhas manhãs.
Minha voz enrouquece,
Meu coração enlouquece.
Aguardo-te pelo meu acordar.
 
Por onde andas, coração?
Será que irás divagar
Pela eternidade dos meus sonhos
E nunca mais voltar?
 
Acorda-me, com cuidado.
Acorda-me com um beijo bem dado.
Que a saudade embala-me neste acordar.




.Poesia

[POESIA/POETRY] Dançar dentre as estrelas / Dance between the stars

novembro 08, 2017


stars

NOTA: NA POESIA, A VERSÃO PORTUGUESA E INGLESA SERÃO DIFERENTES. APENAS TERÃO O TÍTULO EM COMUM.

O meu pé voou sobre o vento,
Por onde as minhas saias baloiçavam com tempo
Sem que a noite parecesse nunca acabar.
Fechava os olhos e sentia-me a dançar.
 
Hoje é aquele dia,
Onde os nossos corpos flutuam dentre estrelas
E nós nos encantamos sobre elas…
 
Hoje és estela, hoje és luz…
Memória completa do sorriso que me seduz.
Vem, embala o meu corpo pelas estrelas!
Façamos um passo de dança,
Dancemos sobre o pó delas!
Sejamos infinito.


.Prosa

[TEXTO/TEXT] Que Chova!/ Let it rain!

novembro 05, 2017



A minha pele sentiu a água fria como se eu tivesse penetrado pela floresta. Houve uma altura quando eu quase acreditei que estavas aqui comigo.
Terá sido um sonho? Talvez fosse…
Por vezes eu pergunto-me por onde a minha força flutua. A chuva solitária reina sobre mim, tal como as minhas palavras parecem sonhos condensados daquela água louca que cai pelos céus.
Eu poderia encontrar um abrigo e esconder-me da água inspirada porém a minha pele sabe melhor.
Existe uma linha que mostra aquela pequena lágrima vinda do céu – todas as emoções que nós temos tornam-se vivas através delas.
Que chova… Vamos sobreviver. Que fiquemos com frio e que cresçamos até velhos. Vamos sorrir e cair de vida.
Sê como essa chuva, a tua alma pode estar dentro mas as tuas ações podem fazer a pessoa mais próxima de ti ainda mais viva.
Que chova! Que brilhe!





.Poesia

[POESIA/POETRY] Cores / Colors

novembro 03, 2017


NOTA: NA POESIA, A VERSÃO PORTUGUESA E INGLESA SERÃO DIFERENTES. APENAS TERÃO O TÍTULO EM COMUM.

POESIAPOETRY
Doces traços se atravessam pelos meus dedos,
Insanidades minhas, palavras repletas de cor…
São as cores da vida que me abraçam a cada dia,
Que sorriem ao longo da minha pele
E embebem de meu ser para todo o sempre.
 
Meu olhar, ilusão dos deuses…
Esse que estremece a cada novo tom
Que a luz atravessada me presenteia!
Sejam esses meus olhos vorazes!
Que consigam captar cada nova epopeia
Delineada neste nosso olhar, nosso dom…
 
São as cores tons da vida?
Sejamos ilusão colorida e feliz, para sempre!


Corações

Google+ Followers

Popular Posts